Econo na África do Sul – Hotel em Joanesburgo, Cape Town, Kruger e mais !

Continuando a sequência de posts da minha viagem a Africa do Sul com a dicas de Hotel em Joanesburgo, Cape Town, Kruger e mais!

Teremos posts falando sobre:

  • Vôo com a South African (clica no link)
  • Passeios
  • Restaurantes

Repetindo o roteiro que fiz pra quem perdeu o ultimo post e dá pra ver que a jornada foi longa rs! Fizemos trechos internos de avião entre JoBurg e Cape Town e Port Elizabeth a JoBurg, e o restante tudo percorrido de carro.

Captura de Tela 2017-07-16 às 09.23.01

Chegamos por Joburg, ficamos um dia por lá, depois seguimos para o Kruger National Park. Três dias depois, voltamos a Joanesburgo para pegar o Voo para Cape Town. Em Cape Town foram 5 dias utilizando a cidade como base para conhecer Stellenbosch e Franschoek ( regioes vinícolas) e também o Cabo da Boa Esperança e Boulder’s Beach. Pegamos a estrada rumo a Garden Route com destino final Port Elizabeth passando por cidades como Mossel’s Bay, Jeffrey’s Bay, TsiTsikamma National Park, e dormindo uma noite em Knysna e depois Port Elizabeth. (posts sobre os passeios na sequencia). Os hoteis tiveram diarias médias de 100 a 150 reais por pessoa, todos sem café da manha ( Exceto o Overmeer) . A África do Sul tem as mais diversas opcoes de hospedagem, e você consegue gastar o que eu gastei na viagem toda em uma só diária. Os hotéis que menciono aqui são simples, sem luxo mas todos confortáveis.

Hotel em Joanesburgo (noite 1) – Curiocity Backpackers

Em nossa primeira noite em JoBurg nos hospedamos no Curiocity na região de Maboneng, bem fora do centro turistico. É um bairro descolado, cheio de bares, restaurantes e instalações artisticas . Não espere encontrar muitos turistas por lá. O Hostel é bem animado, e possui os quartos que ficam no proprio predio do hostel com banheiro compartilhado, e esses que ficamos . Eles ficam em um prédio a uma distancia de uma quadra da sede, e são como flats em um predio de apartamentos – cheio de moradores. Achei bem legal, cama boa, banho quente mas sem muita cara de hotel nem hostel, tava mais pra AirBnb. Se quiser algo que fuja de turistas, esse é uma boa opção !

Hotel no Kruger Park – Pretoriuskop Restcamp

A hospedagem nos Safaris podem ser em reservas privadas luxuosas com all inclusive CHEIO DE VINHOS. E podem ser também nos camps instalados nos parques – como esse que eu fiquei. São hospedagens simples e bem mais em conta, porém bem bacanas e limpas! E oferecem de tudo, desde camping, quartos compartilhados e até esses bangalôs ( BD2M ) que fiquei.

Com duas camas, banheiro e uma cozinha na varanda – com churrasqueira – tornaram a hospedagem bem legal ainda mais que estavamos em amigos. A varanda foi utilizada para churrascos, café da manha e almoços em conjuntos nesse jardim – com alguns macacos que roubavam a comida.

Infelizmente não acho a foto de dentro do quarto, no tripadvisor você encontra ! No camp existe também esse mercado que você pode comprar desde souvenirs até alimentos! Antes da gente ir passamos no mercado e fomos abastecidos pra lá !

Hotel em Cape Town – Mojo Hotel

O Mojo Hotel tinha tudo pra ser meu favorito da viagem ! Quando chegamos uma atmosfera linda, moderna, com um mercado bem no terreo do hotel em uma região ótima, na frente do mar. Porém quando chegamos no quarto ( pegamos o pod ou quarto duplo com terraço ) a gente se assustou com o tamanho do quarto. Eu e meu marido somos muito grandes, e ficamos por 5 dias nos batendo quando estavamos no quarto haha – além ter zero espaco pra malas. Outro porém, o banheiro é tipo dentro do quarto haha, zero privacidade! Acho que a foto deu pra ver né? A cama do lado do box.

Mas o banho era quente, cama macia, tudo moderninho e já estava me acostumando com a pequinez haha..porém com o aquecedor ligado, e chuveiro com banho quente fez com que o quarto ficasse “suando” e todo o vapor se transformava em goteira caindo do teto. E um cheiro de cachorro molhado !

Não recomendo o quarto, porém recomendo o hotel. Tente outro quarto, acho que vale a pena !

Hotel em Knysna – Overmeer Guesthouse

Lugar charmosissimo em Knysna, na Garden Route ! Lá reservamos uma hospedagem com 3 quartos e 2 banheiros, com uma sala e cozinha por um preço otimo, acho que saiu menos de R$ 100 por casal – e com café da manha. Porém ao chegar lá na cidade, notamos diversas casas queimadas – DIVERSAS – e um cheiro forte de queimado na cidade. E ao chegar no Overmeer vimos que as duas casas do lado estavam devastadas pelo fogo, e descobrimos que a cidade sofreu um incendio gigantesco e devastador apenas 2 semanas antes da gente chegar lá. Uma pena, pois a cidade é linda e charmosa e esse hotel uma graça.

Se passar por Knysna, recomendo essa hospedagem. Vista linda, com café saboroso e tudo muito limpo e confortavel.

Air Bnb em Port Elizabeth – 5 on passat

Não tirei fotos desse Air Bnb em PE, pois ficamos menos de 12 horas por lá. A casa é linda, menos de 5 minutos do aeroporto e de diversos restaurantes com todo mobiliario novo e moderno. Tem 3 suites com cama de casal, uma sala enorme, quintal, varanda e duas vagas de garagem. Tudo perfeito – exceto a falta de agua quente 🙁 sim, tomamos banho frio nessa casa gente! Já reclamei no Air Bnb, espero que o proximo tome um banhão quentinho!

Hotel em Joanesburgo ( noite 2) – Lux Signature hotel Sandton

Se em Port Elizabeth fiquei pouco tempo, nesse menos ainda rs. Nosso vôo de PE para JoBurg atrasou mais de 3 horas e chegamos nesse hotel para tomar banho e dormir. Uma pena, pois o hotel é novíssimo, moderno, limpo e no meio da Mandela Square, perto de shoppings e restaurantes. E com preços baixissimos pela localização e pela qualidade do hotel. Adoraria ter ficado mais noites por lá!

DICA EXTRA – Tomada na África do Sul!

Se você acha que a tomada do Brasil não encaixa nada, é porque não viu a da SA haha! Muito doida, tem dois furos em cima espaçados e um super grosso em cima, formando um triangulo ! Nem os adaptadores internacionais tem saida pra esse plug. Conselho, nem leve esse adaptador que não funciona. Esse vermelhinho que comprei, foi super barato e você encontra em mercados e farmácias por uns R$ 5,00. Alguns hoteis tem adaptador, mas a maioria eu não encontrei. Comprei assim que chegar pra não passar apuros !

malas prontas para África do Sul? Vamos?

Econo na África do Sul – Como é voar com a South African de Econômica ?

Começando a sequência de posts da minha viagem a Africa do Sul com a companhia aerea que me levou até lá! Teremos posts falando sobre:

  • Hoteis
  • Passeios
  • Restaurantes

O roteiro que fiz foi esse abaixo e dá pra ver que a jornada foi longa rs! Fizemos trechos internos de avião entre JoBurg e Cape Town e Port Elizabeth a JoBurg, e o restante tudo percorrido de carro. Alugamos uma van Hyundai H1 por estarmos em 6 pessoas, e foi tudo tranquilo. As estradas são boas, bem sinalizadas e seguras – lembrando apenas que é mão inglesa ok?

Captura de Tela 2017-07-16 às 09.23.01

Chegamos por Joburg, ficamos um dia por lá, depois seguimos para o Kruger National Park. Três dias depois, voltamos a Joanesburgo para pegar o Voo para Cape Town. Em Cape Town foram 5 dias utilizando a cidade como base para conhecer Stellenbosch e Franschoek ( regioes vinícolas) e também o Cabo da Boa Esperança e Boulder’s Beach. Pegamos a estrada rumo a Garden Route com destino final Port Elizabeth passando por cidades como Mossel’s Bay, Jeffrey’s Bay, TsiTsikamma National Park, e dormindo uma noite em Knysna e depois Port Elizabeth. (posts sobre os passeios na sequencia)

Agora vamos falar de South African ? O Voo SA 223 parte todos os dias de Guarulhos rumo a Joanesburgo as 18 horas ( chegando por lá as 07:25 horario local – Fuso de 5 horas quando fui) e tem o vôo de retorno SA 222 saindo de Joanesburgo as 11:00 e chegando no Brasil as 16:30. Foram esses dois vôos que que utilizei pra ir e voltar.

A compra foi simples, toda feita pelo próprio site da SA e aproveite inclusive para comprar os voos internos feitos pela Mango, companhia de voos nacionais de baixo custo da SA.

O check in no terminal 3 de Guarulhos, foi rápido e sem filas com atendentes super atenciosos. O embarque porém atrasou um pouco, e a aeronave chegou no portão perto do horário da decolagem, o que acabou atrasando um pouco mas nada que atrapalhasse ou incomodasse.

IMG_7205

A Aeronave utilizada é um Airbus A330 super novo e é dividido em classe executiva e econômica. A classe executiva parecia ótima – e estava bem vazia – mas não falaremos dela porque não é pro meu bico rs!

IMG_7204

A configuração da Econômica é 2-4-2 , o que eu acho ótima principalmente quando se viaja em casal. Os assentos eram novos, assim como as telas bem modernas com sistema Touch Screen.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Quando chegamos no assento, um kit com uma manta e um travesseiro nos aguardava nas poltronas. Até aí estava gostando bastante, mas quando sentamos a gente notou o quão APERTADO eram as poltronas…eu só viajo de econômica, e achei essa menor do que as outras…não se se foi impressão ou realidade mas realmente me pareceu pior.

IMG_7217

Após nós acomodarmos, eles deram um kit com amenidades simples e um fone de ouvido.

IMG_7213

Tivemos duas refeições no vôo, jantar e café da manha e devo dizer que esse foi o ponto alto da South African. Achei a comida extremamente saborosa por ser de avião rs, e os talheres são de metal! Uau haha ! Tivemos três opções entre carne, frango e massa sem proteína para os vegetarianos.

IMG_7221

IMG_7222

Uma dica, o carrinho de bebidas passa ANTES de servirem as refeições. Então já pegue tudo o que quiser que acompanhe a sua comida, pois depois demora muito tempo a voltar para reposição. Eu não entendi isso no vôo de ida e não peguei nada pra beber rs.

IMG_7220

A South Africa capricha nas bebidas, na qualidade e na variedade! Além das bebidas sem alcool, eles oferecem em garrafinhas miniaturas vinho branco e tinto, Amarula, Whisky, Gim e Vodka ! E quanto você quiser viu, eles não ficam regulando.

IMG_7226

Eu trouxe essas garrafinhas pra casa, pois tenho um problema: colecionar miniaturas haha!

IMG_7225

O vôo de volta foi exatamente igual ao de ida, porém mais longo – cerca de 10h30 enquanto o de ida durou 8 hrs. Nesse aperto, não foi fácil mas as opções de entretenimento e a comidinha boa foram um alivio nesse desconforto.

Algo que me incomodou também foi o mau humor da equipe de bordo, que enfrentamos tanto na ida e na volta. Eles pareciam estar irritados e insatisfeitos, e quase nem falavam com você e ficavam nervosos com qualquer pergunta que você fazia.

Mas a experiência no geral foi boa e eu voaria tranquilamente de novo com a South Africa. Eles tem uma ótima malha para outros países dentro do continente, e com esse vôo direto e diário aqui do Brasil facilita bastante se quiserem conhecer mais da África !

Em breve volto com os outros posts por aqui para ajudar vocês a planejarem uma viagem bacana e econômica pela Africa do Sul !

Captura de Tela 2017-06-10 às 10.30.01