DIY decor fácil com flores ! – #EconoArq

Postado por Julia - #econoarq

Como prometido, o DIY de hoje é muito prático e vai te ajudar a decorar uma festa ou um jantar romântico! Vamos a algumas idéias de um DIY decor fácil com flores ?

#EconoArq

DECORANDO GARRAFAS

Após remover os rótulos como ensinamos no post anterior, é hora de personalizar as garrafas!

diy-garrafas5

1ª Dica:

Para cobrir totalmente a garrafa, você pode usar barbante, linha colorida ou sisal, que deixam uma aparência mais rústica. Prenda a ponta com uma fita e passe cola nas extremidades da garrafa. Em seguida é só enrolar a linha bem rente uma na outra e finalizar com a cola para não desfiar!

2ª Dica:

Rendas e fitas são encontradas a preços baixos na 25 de Março em São Paulo, ou em armarinhos de bairro! Você também pode aproveitar o que tem em casa, fitas de embalagens, presentes, bem casados…
O ideal é usar cola para tecido (somente nas extremidades da fita), mas cola branca e cola para isopor/E.V.A. também funcionam bem.

3ª Dica:

Analise o formato da garrafa e veja o que prefere acentuar nela. É legal colocar o adereço nas partes lisas, deixando à mostra as formas diferentes do vidro. Por exemplo, a fita perto da boca da garrafa, como se fosse um colarinho, ou a fita no meio da garrafa, como um cinto. diy-garrafas6

 

CASTIÇAL COM TAÇAS

Uma ideia simples e bem elegante é inverter as taças para usá-las como castiçal! Colocando flores no interior da taça (com uma rosa vermelha não lembra muito A Bela e A Fera?!) e velas em cima da base.

É super prático pois não é uma mudança permanente, após o jantar/festa dá para voltar a usá-las normalmente 😉

diy-garrafas7

Confiram outras ideias:

ex1-1 ex2-1 ex3-1 ex6 ex4-1

Um beijão e até o próximo DIY!
PopArq
(11) 2528-1414 / amanda@pop.arq.br / maika@pop.arq.br

DIY com Garrafas de Vidro – #EconoArq

Postado por Julia - #econoarq

Bom dia meninas! Que alegria esses posts de DIY que as meninas da Pop.Arq estão fazendo !

Nesse segundo post DIY é com reaproveitamento de garrafas de vidro! Que podem servir de vasos de flores ou apenas como objetos decorativos. E pra quem perdeu o primeiro, com palitos de sorvete, clica aqui pra ler que tá lindo !

#EconoArq

DYI com Garrafas de Vidro

REMOVENDO O RÓTULO

DYI com Garrafas de Vidro

Você pode usar as garrafas do jeitinho que elas estão, dando ênfase no reaproveitamento. Mas para descaracterizá-las, é preciso remover o rótulo. A diferença é um visual mais clean, com destaque para o formato da garrafa e a cor do vidro. 

1ª Dica:

Jogue água quente sobre toda a garrafa, deixando mais tempo sobre os rótulos. Alguns saem com facilidade, apenas puxando o adesivo. Outros esfarelam, então é necessário esfregar até a remoção.

2ª Dica:

Se ainda estiver difícil de sair a cola, você pode usar um removedor, aqueles de limpeza em vidro. Mas lembre-se de proteger as mãos com luvas, pois o produto é muito forte e não é recomendável entrar em contato com a pele.

3ª Dica:

Para as garrafas que possuem dosadores, é preciso retirá-los se a intenção é colocar flores. Cada um tem um encaixe diferente, normalmente a água quente ajuda a soltar com facilidade.

PINTURA E DESENHO EM RELEVO

diy-garrafas2

Para personalizar a garrafas, uma boa opção é pintá-las nos tons que combinem com a sua decoração.

Nas fotos deste post, estas garrafas enfeitaram uma festa de noivado. Mas também ficaria ótimo personalizá-las com outros temas, como Natal e Ano Novo!

1º Passo: Preparar para pintura

Com a garrafa limpa e seca, passe uma camada de primer para vidro, pode ser com pincel mas com o rolinho fica uma cobertura mais uniforme. Deixe secar por 24 horas e passe uma nova camada.

2º Passo: Desenho relevo

Quando o primer já estiver seco ao toque, use uma cola 3D própria para desenhar/escrever em relevo na garrafa. Se preferir, marque antes com o lápis para não errar com a cola!

3º Passo: Pintura spray

Após 24 horas, é só pintar com tinta spray em local aberto! Lembre-se de forrar o chão e paredes ao redor. Outra dica é fazer movimentos contínuos com o spray a mais ou menos 20 cm de distância, evitando que a tinta acumule e escorra.

DYI com Garrafas de Vidro

#recicle #reduze #reuse
Gostaram? Ainda tem tempo para as festas de fim de ano!
E se alguém achou too much work :P, no próximo post ensinaremos decorações mais práticas com garrafas e flores!

Um beijo!
PopArq
(11) 2528-1414 / amanda@pop.arq.br / maika@pop.arq.br

DIY com palitos de sorvete – #EconoArq

Postado por Julia - #econoarq

Oi, pessoal! Quem gosta de trabalhos DIY? Este mês vamos ensinar a fazer alguns itens de decoração reutilizando materiais!

DIY com palitos de sorvete

No post de hoje, faremos um mini pallet e um mini cavalete com palitos de sorvete! Que você encontra fácil para comprar em papelarias e lojas de artesanato, mas achamos que o legal é reaproveitar os que iriam para o lixo! 🙂

MINI PALLET 

  p_pallets-de-madeira-20

Uma vez que os pallets ainda estão super em alta, os mini pallets podem ser usados para decorar uma mesa de festas como apoio de doces, ou para o dia a dia como porta copo! 

1º Passo:

Com os palitos lavados, corte as pontas de 13 palitos para que fiquem retinhos, pode ser com a tesoura mesmo. Corte também 18 quadradinhos de aproximadamente 1×1 cm (largura do palito) e cole formando 9 duplinhas, vide foto.

2º Passo:

Posicione 7 palitos em distâncias iguais sobre 3 palitos. Cole-os com cola branca comum (existem colas específicas para madeira, mas neste caso a cola branca funciona bem).

3º Passo:

Após secar, vire e no verso cole as duplinhas de quadradinhos em cada ponto indicado na foto.

4º Passo:

Após secar, cole os outros 3 palitos para finalizar!

DIY com palitos de sorvete
 

  MINI CAVALETE 

Os mini cavaletes podem ser usados para decorar uma mesa de festas, como tag de comidas por exemplo, ou para o dia a dia como porta cartões!

1º Passo:

Com os palitos lavados, posicione 6 palitos como na primeira foto e marque as linhas de corte. Aqui foram usados tamanhos diferentes de palito (os 3 horizontais tem comprimentos menores).

2º Passo:

Corte e cole as peças planas. Aconselhamos colar a peça superior no verso, assim o tamanho da plaquinha/cartão/lousa não fica limitado!

3º Passo:

Após secar, cole o palito de apoio do tripé com a inclinação desejada para o cavalete, reforçando a estrutura com uma peça menor, vide segunda foto.

4º Passo:

Depois de secar completamente (importante para a estrutura frágil não desmoronar!), finalize com a peça de bandeja, já marcada no primeiro passo!

DIY com palitos de sorvete

Confiram outras ideias: ex3 ex2 ex4 ex5 ex1

Queremos ver quem vai fazer em casa!!!

#recicle #reduze #reuse

Um beijão e até a próxima!
PopArq
(11) 2528-1414 / amanda@pop.arq.br / maika@pop.arq.br

Almofadas – #EconoArq

Postado por Julia - Econo Arq

Meninas, continuando a sequencia de posts sobre Tapeçaria ( já falamos Estofados, tapetes e cortinas ..) , hoje temos Almofadas ! As  meninas do Pop.Arq arrasam nesses temas de decoração !!

Hoje falaremos sobre almofadas! Dentre as inúmeras opções de tamanhos, tecidos, estampas e cores é possível fazer combinações incríveis que vão dar um up no estilo e complementar a decoração da sua casa! Almofadas

Escolher em qual ambiente serão colocadas as almofadas é o primeiro passo. Se for no quarto ou em home theaters, por exemplo, vale à pena investir nos tipos bem fofinhos e confortáveis, mas para o living e varanda, podem ser utilizadas almofadas mais decorativas e delicadas, já que elas irão mais compor a decoração do que de fato serem usadas como apoio para deitar/encostar.

O tipo do enchimento combinado com o do tecido faz com que elas sejam mais fofas ou rígidas. Assim, os enchimentos naturais, por exemplo, são feitos por plumas ou penas e os sintéticos, por espuma, manta acrílica, fibra siliconada, látex, viscoelástico ou casca de trigo sarraceno. Quanto aos tecidos, são infinitas opções, mas pode ser usado algodão, seda, crochê, renda, linho, impermeável para áreas externas, etc.

Escolhidos os itens acima, falta só optar pelos tamanhos, que irão depender da composição que se deseja. Quanto mais almofadas, mais espaço ocupa, porém o efeito fica mais bacana se juntar várias, de tamanhos diferentes ou se for do mesmo tamanho, destacar algumas. Eles podem variar bastante, mas os mais comuns são 45x45cm, 60×60, 30×45, entre outros.  Pode-se brincar com estampas, monocromáticas, dégradé de cores, frases e tecidos diferentes.

composicao 2 4

5 6fd9cbd1f0df8dba5a21ceab7e32d5806 85e57e5ff8e68d3c30c2847f8c34c8f0 d29e9f1e64da2266ecddc35dd44a3cec d7eb8b286209ff28eacea6ccf99e01c3

A escolha das dimensões, cores e posicionamento vai muito do gosto de cada uma, mas seguem algumas imagens orientativas: Almofadas

Em termos de preços, também mudam bastante dependendo do tamanho, tecido e marca.

Um preço médio de almofada de boa qualidade é em torno de R$ 100,00 a R$ 250,00/cada. Sim, elas são caras! =(

É legal prestar atenção nos sites de vendas online, onde conseguimos acompanhar as promoções de pertinho, assim, conseguimos achar opções acessíveis e bacanas por R$30,00 a R$70,00.

Para ter uma consultoria sobre decoração, entre em contato com a gente! Beijossss!

amanda@pop.arq.br / maika@pop.arq.br / (11) 2528-1414

Estofados – #EconoArq

Postado por Julia - #econoarq

Oi, pessoal!
Continuando o assunto Tapeçaria, o tema de hoje é Estofados! A primeira dica é o cuidado com a exposição ao sol, leia nosso post anterior sobre Cortinas, assim você protege o seu estofado! 😉

Sofás, poltronas, pufes, cadeiras, cabeceiras… o estofado dá o conforto e estilo para esses móveis! Para uma boa escolha, precisamos analisar os tipos de acabamento, resistência dos tecidos e durabilidade.

#EconoArq

Capitonê
Essa técnica de acabamento é muito usada em ambientes clássicos. Mas, atualmente, também se aplica em um mix de estilo vintage com moderno.

cap1 cap3 cap2 cap4

Couro
O couro é de fácil limpeza pois não junta tanta poeira, é muito resistente e tem uma aparência elegante. Mas, não é recomendável para lugares quentes demais, pois, em contato com a pele e suor, ele gruda.

cou2 cou4 cou3 cou1 sin1

Tecidos Sintéticos

Os tecidos que imitam outros materiais mas são feitos de fibras sintéticas tem maior resistência, além de serem econômicos. Eles são indicados para pessoas alérgicas ou com animais de estimação, pois são impermeáveis e fáceis de limpar. Por exemplo, uma alternativa ao couro é o courino, que o imita bem em textura, mas é mais barato e ecológico.

sin2 imagem1

Chenille

É um tecido muito confortável e aconchegante. Apesar da aparência “quentinha” ele está em um nível intermediário de calor.
O lado negativo é que acumula poeira e tem alta absorção (mancha com facilidade).

che1 che2

Veludo

É um clássico, que também sempre volta à moda repaginado.
Recomendado para lugares frios, o veludo esquenta bastante! E por ter um certo brilho, usa-se para dar um ar mais requintado ao ambiente. Esse é um dos tipos mais caros de tapeçaria disponível no mercado.
imagem3 imagem2
Suede
Muito usado nos estofados em geral, agora está super em alta nas roupas! O suede virou trendy na moda brasileira no outono e inverno deste ano! Fora do país, essa moda já começou há algum tempo.
É um tecido muito macio, tem uma aparência aveludada e é bem fino, então não esquenta muito. Ele acaba tomando a forma de seu recheio (espuma mais firme ou mais fofinha) pela sua espessura.

sue2 sue1 sue4 sue3
Linho

É um tecido de toque delicado, de diversas espessuras e composto por vários tipos de tramas, muito confortável para climas quentes, pois quase não esquenta em contato com a pele. Mas tem um custo alto! Para quem tem animais de estimação, recomendamos proteger o estofado (com mantas, capas e a impermeabilização).

linho3 linho1 linho2

Tecidos 100% algodão

Não possuem muita firmeza para acabamentos mais elaborados em estofados e amassam com facilidade. Porém, possuem a vantagem de serem mais refrescantes, podem compor um ambiente mais despojado.

alg1

Estes foram os acabamentos mais usuais, existem muitas opções no mercado!
É importante que, ao encomendar o seu estofado, seja feita uma impermeabilização para que ele dure mais! Normalmente, ela é feita ou cobrada à parte da compra do móvel. Lembre-se de solicitar o serviço ao vendedor. Isso impede que acidentes com líquidos causem um grande estrago nesses móveis, pois as gotículas ficam na superfície por um período curto de tempo, para que sejam limpas o mais rápido possível antes de serem absorvidas pelo tecido 😉

Esperamos que tenham gostado!
Beijos!

PopArq
(11) 2528-1414 / amanda@pop.arq.br / maika@pop.arq.br

Dicas sobre Cortinas – #EconoArq

Postado por Julia - Econo Arq

Oi, pessoal! Hoje vamos dar algumas dicas sobre cortinas, outro assunto que as pessoas têm muitas dúvidas e não se troca frequentemente em casa, por isso, precisa de cuidado na escolha! Para saber mais sobre o tema de estofados, fizemos esse post sobre carpetes aqui !

#EconoArq

A cortina não é meramente decorativa, ela tem funções importantes para cumprir quando colocadas em um ambiente! Além de proporcionar conforto, por contribuir com uma atmosfera aconchegante, ela protege contra a luminosidade/claridade, raios UV, que fazem mal para a nossa pele, luz solar que incide diretamente nos objetos e pisos, e conforto acústico (em conjunto com outros elementos). Mas, para que tudo isso seja cumprido, depende do tipo, tecido, medidas e qualidade da cortina escolhida! Existem fornecedores específicos das cortinas com proteção UV.

Quanto aos tecidos, podem ser diversos! Dentre eles, o voil, algodão, seda, linho, jacquard, chenille, sarja, blackout, lisos ou estampados. A seda é o mais caro e mais delicado de todos. Para ambientes que tem umidade, como banheiros e cozinha ou mesmo área litorânea, o mais indicado são os que possuem camada de teflon na sua composição ou PVC ou ainda fibra sintética, porque repelem a água e não emboloram nem oxidam.

Vamos aos tipos:

– Cortina Blackout: bloqueia 100% da iluminação. O uso ideal é em quartos e home theaters. Cuidado com as dimensões! Esta cortina deve ser consideravelmente maior que a janela, para cobrir possíveis frestas laterais. Pode ser tipo rolo ou cortina mesmo.

Dicas sobre cortinas

cortina-blackout

– Cortina rolo: são enroladas horizontalmente com acionamento manual ou elétrico. Seu uso é diverso, mais comum quando composta por tecido voil na frente, pois visualmente fica mais aconchegante. Dicas sobre cortinas

–  Cortina de Voil: feita por tecido fino, leve e transparente. A iluminação é bloqueada parcialmente. Indicada para locais em que a luminosidade é necessária. Muito utilizada em dormitórios e salas, às vezes, combinadas com cortinas rolo atrás, que bloqueiam mais a luz, então ora pode ser usada com o conjunto todo fechado, o que traz bloqueio de luz+aconchego e beleza, ora separados, quando se quer apenas pequena quantidade de luz externa. Podem ser combinadas também com linho, shantung, seda, entre outros. cortina-voil

– Cortina romana: são estruturadas com divisórias em varetas e também se recolhem verticalmente. São fabricadas com tecidos leves, geralmente usadas em dormitórios. Dicas sobre cortinas

– Cortina de Sarja: mais usada como cortina tipo abre e fecha, feita por tecido pesado. Muito utilizada em dormitórios e salas, ela bloqueia bastante a luz e não precisa ser combinada com nenhum outro tipo de cortina. É um dos tipos que mais acumula pó, porém, super aconchegante.

cortina-sarja

– Cortina duofold: feita com sistema de cordas para fechamento para cima ou para baixo.

Dicas sobre cortinas

 – Cortina painel: presa em trilhos, se movimenta horizontalmente.

Dicas sobre cortinas

Lembrando que cortinas podem ser embutidas em cortineiros ou sancas de gesso ou sobrepostas à paredes/lajes, e correm por trilho ou varões, depende da estética e do que o ambiente já está preparado para receber. E o melhor comprimento é o que chega bem pertinho do chão.

Dica: as persianas de madeira e telas solares são as opções mais recomendadas para bloqueio de raios solares/isolante térmico em ambientes envidraçados. Fique atento aos fatores de abertura das tramas e densidade das mesmas para saber quanto de luminosidade deseja passar. Em cores claras, refletem mais luz e calor.

Outra dica: para quem é alérgico a tecidos, modelos feitos de PVC são totalmente laváveis e evitam o acúmulo de poeira.

Se tiverem alguma dúvida a respeito, entrem em contato com a gente!

amanda@pop.arq.br / maika@pop.arq.br / (11) 2528-1414

Beijos!

Dicas de Tapeçaria : Tapetes – #EconoArq

Postado por Julia - Econo Arq

Olá , pessoal ! Sabemos que todo mundo tem vontade de colocar tapetes em casa, mas fica perdidinho com tantas opções no mercado. Vamos dar algumas dicas sobre tapeçaria, que irão ajudar a escolher entre cores, tipos, usos, estética e, o mais importante, noções de custo!

#EconoArq

Primeiro, vamos à grande dúvida:

Este é sobre tapetes. Pensamos em escrevê-lo, já que existem muitas opções no mercado e o pessoal fica perdido na hora de escolher, mas todos querem colocar um tapete em casa!
Nos próximos, falaremos de cortinas, almofadas e estofados.

Carpete: é feito de material sintético, fixo no piso e reveste-o por completo. Hoje em dia é mais utilizado em ambientes corporativos, comerciais e hoteleiros.

Carpete carpete 2

Tapete: tem a função de aquecer, decorar e dar conforto ao ambiente, além de demarcar áreas. Pode ser utilizado em ambientes residenciais, corporativos e comerciais.

O tapete precisa ser proporcional ao ambiente e combinar com a proposta da decoração. Fazendo com que a peça do tapete seja maior que a área ocupada pelos móveis do ambiente, a proporção estará correta. Além disso, o tapete tem a função de “segurar” os objetos em seus lugares, não deixando, por exemplo, que o sofá mude de lugar, conforme as pessoas sentam nele.

posição tapetes sala posição tapetes quartos

Deve-se considerar o as limitações e necessidades do ambiente em que será inserido, além da intenção estética.

Quanto às cores, geralmente, as neutras são mais fáceis de combinar com a decoração enquanto você aposta em cores nos demais objetos da casa, mas atente-se também ao estilo do tapete. Se o ambiente for neutro, opte por fazer o contrário e ousar no tapete com cores e estampas! 😉 Cuidado: cores claras são mais fáceis de sujar, então coloque tapetes claros em ambientes com menos fluxo de pessoas ou então use protetores para os pés.

tapete 1 tapete 2 tapete 3

Uma tendência bastante interessante que surgiu recentemente é a sobreposição de tapetes em um mesmo ambiente, que devem se harmonizar entre si (assim, se um for mais estampado, o outro pode ser liso).Por possuírem um preço relativamente alto, os tapetes maiores são utilizados embaixo, pois podem ser de menor qualidade e os menores, em cima e mais visíveis, de qualidade melhor.

tapete 4 tapete 6 tapete 5

Localização: usualmente, tapetes são colocados em ambientes secos (dormitórios, home theater, etc) e a sala de jantar pode dispensar o uso, já que a comida que cai da mesa pode ficar presa nas cerdas. Se colocados em ambientes infantis e áreas externas, garanta que as peças sejam antiderrapantes e antialérgicas.

Tipos de tapetes:

– Lã: são os mais utilizados, por serem duráveis, macios e de fácil manutenção, porém, possuem um alto preço. tapete 8

– Acrílico: imitam a aparência da lã, por isso, são mais econômicos e menos duráveis, mas ainda possuem boa resistência contra manchas. Dicas de Tapeçaria : Tapetes

– Veludo: são sofisticados, caros e muito confortáveis. Podem ser lisos ou estampados e são indicados para locais com menos fluxo de pessoas, pois são delicados. Dica: apesar do conforto, o veludo é um tecido quente ao toque, então é preciso ter cuidado onde será colocado, pois em dias de verão intenso, você não irá querer nem ver o tapete! rs

O mesmo serve quando aplicado em sofás, poltronas, cadeiras, etc. Dicas de Tapeçaria : Tapetes

 – Algodão orgânico: são mais suaves que os de lã, porém menos duráveis. São ecologicamente corretos. Dicas de Tapeçaria : Tapetes

– Persas: possui efeito colorido e variedade de estampas. As ilustrações são referentes à Índia, Turquia, Nepal, Egito e China. Dicas de Tapeçaria : Tapetes

– Fibras naturais: (juta, bambu, sisal e outras) são artesanais, confortáveis e resistentes, mas não podem estar em ambientes que apresentam umidade. São versáteis e servem para quase todos os ambientes. Dica: prefira escolhê-los pessoalmente, pois algumas fibras podem ser duras e não confortáveis ao toque para se pisar descalço 😉

tapete 14 tapete 13

– Fibras sintéticas: são opções mais econômicas, confeccionadas com poliéster (que possui menos elasticidade que o nylon, sendo mais firme e mais durável), nylon ou lycra. Podem ter brilho e alturas diferentes em cada fio. Dicas de Tapeçaria : Tapetes

– Capachos: tapetes mais resistentes, geralmente colocados na entrada de casa para que as pessoas limpem as solas dos sapatos antes de entrar no imóvel. Por serem feitos com fibras grossas e ásperas, como fibra de côco, arame, borracha dura, etc, seguram parte da sujeira e o pó dos sapatos. tapete 16

Limpeza: utilizar aspirador de pó, manter sempre limpo, evitando crises alérgicas. Para retirar manchas, use produtos neutros. Evite escovas para não danificar as cerdas do tapete.

Tapetes, de um modo geral, possuem um preço elevado, proporcional à sua qualidade (fabricação com bons materiais, ter certificados e etiquetas que comprovem sua origem). Ela é muito importante, pois garante sua durabilidade e que as lavagens futuras não danifiquem seu formato, cor ou textura.

Esperamos que tenham gostado! Nos próximos posts daremos dicas sobre cortinas, almofadas e estofados! Tudo para deixar sua casa bem aconchegante 😉

Beijos e até a próxima!

Amanda & Maika

POP.ARQ

Segue a gente no insta ! @pop.arq

Organização do Home Office – #EconoArq

Postado por Julia - #econoarq, Inspiração

Bom dia meninas! Continuando os posts incriveis que as meninas da Pop.Arq fizeram sobre home office, hoje temos objetos para organizar seu home office ! Para ler os links anteriores sobre Decoração, Conforto e Locais para home office é só clicar nos links anteriores 🙂

#EconoArq

Captura de Tela 2016-08-03 às 21.45.24

Oi, pessoal!

Para fechar o ciclo de dicas para home offices, hoje mostraremos ideias lindas e criativas para organizar o seu espaço!

ORGANIZAÇÃO

O mais importante em um ambiente de trabalho e estudo é que ele seja funcional, que facilite o seu dia a dia. Separamos algumas soluções para cada necessidade.

Lousas.

Elas servem tanto como espaço de criação, para desenhar e escrever, quanto para montar nossa programação com calendário, check lists, lembretes… Podem ser feitas com tinta lousa direto na parede ou em um quadro. E podem ser de vidro, coloridas e até com manta magnética.

ECONO OFFICES 32 ECONO OFFICES 30 ECONO OFFICES 27 ECONO OFFICES 33 ECONO OFFICES 28 ECONO OFFICES 29

Painéis para pins.

Para quem trabalha com imagens ou apenas decorar o ambiente, há várias opções para pinar fotos e recados!

ECONO OFFICES 35 ECONO OFFICES 34 ECONO OFFICES 36 ECONO OFFICES 37

Magnetic pinboard

Magnetic pinboard

ECONO OFFICES 11

Painéis com organizadores.

Os painéis com organizadores ajudam a ocupar o espaço vertical na parede, livrando a área de trabalho na mesa, ótimo para quem não tem muito espaço. Os materiais ficam expostos, facilitando o acesso e compondo a decoração.

ECONO OFFICES 41 ECONO OFFICES 39 ECONO OFFICES 50

Porta documentos e correspondências.

Uma boa solução também para lembrar os pagamentos e organizar as contas!

ECONO OFFICES 49 Organização do Home Office ECONO OFFICES 45

Divisórias de gaveta.

Para separar os tipos de material e não perder de vista os itens miúdos!

Organização do Home Office Organização do Home Office

De nada adianta um local bonito se a gente não encontra o que precisa, não é mesmo?
Esperamos ter ajudado a organizar seu escritório em casa!

MOSTRA PRA GENTE O SEU CANTINHO!

Se você precisa de um projeto de home office, entre e contato conosco!
(11) 2528-1414 / amanda@pop.arq.br / maika@pop.arq.br

Gostaram do mês especial Home Offices?

Qual o próximo tema que gostariam de saber mais?

Beijos !!

Conforto e saúde no home office – #EconoArq

Postado por Julia - #econoarq, Econo Arq, Inspiração

Bom dia meninas! Continuando nossa sequência de posts com as meninas da Pop.Arq sobre Home Office ( posts sobre ambientes e decorações), hoje temos dicas sobre Conforto e Saúde no Home Office !

Conforto e Saúde no Home Office

Oi, pessoal!

Continuando os posts sobre home offices, hoje as dicas são para a sua saúde!

ERGONOMIA E CONFORTO

Para quem vai passar muitas horas no home office, é muito importante planejar um espaço apropriado com boa iluminação e ventilação, cadeira ergonômica (certificada com regulagem de braços, altura, encosto e assento), mesa ampla, suporte de tela e descanso para os pés.

Conforto e Saúde no Home Office Conforto e Saúde no Home Office

Isso porque se você passa 8 horas ou mais sentado na mesma posição, a má postura pode causar danos e desgastes permanentes! A visão também pode ser prejudicada pela má iluminação. Vale muito a pena investir na sua saúde e no seu conforto!

De preferência, o local deve possibilitar uma vista para descansar o olhar, principalmente para quem trabalha muito tempo no computador. Por isso também é preferível evitar locais enclausurados, sem janelas, que podem causar estresse em excesso.

Uma boa iluminação da área de trabalho deve ser uniforme e clara. As lâmpadas de luz fria (muito brancas) são muito usadas em ambientes corporativos por estimular a atenção, mas o ideal é mesclar com uma luz quente (amarelada) para proporcionar maior conforto.

Conforto e Saúde no Home Office Conforto e Saúde no Home Office

Semana que vem daremos dicas de organização, com acessórios criativos!

MOSTRA PRA GENTE O SEU CANTINHO!

Se você precisa de um projeto de home office, entre e contato com a gente!
(11) 2528-1414 / amanda@pop.arq.br / maika@pop.arq.br

Esperamos que tenham gostado!! Até a próxima, beijos!

Decoração de Home Office – #EconoArq

Postado por Julia - Econo Arq, Inspiração

Oi, pessoal! Hoje vamos contar um pouco mais sobre Decoração de Home Office!

 Segundo post sobre o assunto, semana passada foram sugestões de ambientes e cada semana teremos um tópico diferente sobre o tema!

#EconoArq

Seja para quem costuma levar trabalho para casa de vez em quando, para os que já tem uma rotina de home office uma vez por semana (dia do rodízio em São Paulo), para que,m precisa de um cantinho de estudos ou para aqueles que de fato tem um negócio em casa, vamos às dicas para Decoração de Home Office!

Decoração de Home Office

A decoração de seu home office é essencial para amenizar o estresse e integrá-lo no ambiente residencial.

Decoração de Home Office

Como as cores influenciam bastante na nossa disposição, podemos usá-las para estimular nossa criatividade, concentração, tranquilidade… As cores quentes por exemplo (vermelho, laranja, amarelo) são estimulantes, ajudam a se manter atento. Cores frias como o azul e o verde, são calmantes, bom para quem é muito enérgico e ansioso!

Para quem tem muitos livros, é legal expô-los em estantes ou prateleira, pois traz um pouco de cor e dinamismo ao visual do escritório, além de dar um ar de biblioteca!

O que também faz essa duplinha “funcional & estético”, são as lousas e murais para organizar as ideias, escrever suas metas, desenhar e colocar lembretes!

Decoração de Home Office

Se você tem muitos documentos para guardar, o local exige mais espaço, com armários fechados de preferência, pois conservam melhor os materiais. Um gaveteiro é sempre muito útil para guardar itens que são usados com mais frequência e, portanto, fica mais prático quando está na mesa de trabalho.

Quem não trabalha o dia inteiro em casa ou vai usar pouco o escritório, não precisa se preocupar muito com a ergonomia, pode usar cadeiras mais charmosas, com mais design. O mesmo serve para as mesas, que podem ter tamanhos variados se não houver necessidade de medidas padrão. Nessa situação, fica mais fácil harmonizar os móveis, mantendo o estilo do ambiente.

Decoração de Home Office

Para os que trabalham muitas horas em casa, fiquem ligados no próximo post que será sobre o conforto e saúde no seu home office!

MOSTRA PRA GENTE O SEU CANTINHO!

Se você precisa de um projeto de home office, entre e contato com a gente!
(11) 2528-1414 / amanda@pop.arq.br / maika@pop.arq.br

Esperamos que tenham gostado!! Até a próxima, beijos!